Hemoglobinopatias

Pessoas com hemoglobinopatias (hemoglobina SS, drepanocitose ou anemia falciforme, Hb SC e talassemias) podem buscar tratamento na Fundação Hemominas. O paciente deve procurar uma das unidades de atendimento listadas abaixo, com a documentação necessária, incluindo o encaminhamento do médico que realizou o diagnóstico da doença (solicitação para que a pessoa receba o tratamento).

A Fundação Hemominas disponibiliza alguns dos medicamentos essenciais para o tratamento das hemoglobinopatias e os componentes sanguíneos adequados, quando há necessidade de transfusão. Como o atendimento é eminentemente ambulatorial, os pacientes portadores dessas doenças, quando apresentam problemas clínicos e necessitam de atenção médica de urgência, devem procurar outros serviços da rede pública.

Esses pacientes também são encaminhados à rede municipal de saúde para acompanhamento clínico de rotina e para realização de exames e avaliações de especialidades, tais como neurologia, oftalmologia, otorrinolaringologia, cardiologia, cirurgia pediátrica e ginecologia. Informações complementares podem ser obtidas nas unidades de atendimento.

Requisitos para atendimento

Ter o diagnóstico confirmado de hemoglobinopatia.

Documentos necessários

  • Carteira de Identidade ou Certidão de Nascimento (para preenchimento do cadastro); CPF e/ou CNS (cartão nacional do SUS).

  • Encaminhamento assinado pelo médico que solicitou a avaliação hematológica para que o paciente seja atendido.

  • Resultados de exames recentes (hemograma, eletroforese de hemoglobina ou teste do pezinho)

Exames laboratoriais

  • Hemograma

  • Eletroforese de hemoglobina ou teste do pezinho

Exames de imagem

Não se aplica. 

Unidades que atendem pacientes com doença falciforme

 

Gestor responsável: Diretoria Técnico-Científica