A Fundação Hemominas esclarece que, no momento, há um surto de malária por Plasmodium falciparum no Espírito Santo, em região da qual provêm muitos candidatos à doação de sangue. Assim, com o objetivo de resguardar a segurança transfusional, uma vez que no município onde ocorre o maior número de casos 70% da população reside em zona rural, a Fundação definiu que serão considerados inaptos por 12 meses todos os candidatos provenientes dos municípios em surto no Espírito Santo: Vila Pavão e Barra de São Francisco. Serão acompanhados os relatórios epidemiológicos para determinar o prazo final da limitação.

Gestor responsável: Diretoria Técnico-Científica