Constituída por tecido líquido-gelatinoso e encontrada no interior dos ossos, a medula óssea produz os componentes do sangue, incluindo as hemácias ou células vermelhas, responsáveis pelo transporte do oxigênio na circulação, os leucócitos ou células brancas, agentes mais importantes do sistema de defesa do nosso organismo, e as plaquetas, que atuam na coagulação do sangue.

O transplante de medula óssea beneficia pacientes com produção anormal de células sanguíneas, geralmente causada por algum tipo de câncer no sangue como leucemias e linfomas, além de portadores de aplasia medular, entre outras doenças.

Referência: Perguntas e respostas sobre transplante de medula óssea - Inca

A Hemominas é uma das instituições que mais registra candidatos à doação de medula óssea no Brasil - até dezembro de 2019 já havia cadastrado mais de 530 mil candidatos. Apenas em 2020 foram realizados 19.755 cadastros de candidatos à doação de medula óssea no estado.
Gestor responsável: Diretoria Técnico-Científica