Hemocomponentes

Concentrado de hemácias lavadas

Concentrado de hemácias submetido a lavagem com soro fisiológico através de centrifugação e desprezo do sobrenadante. Tem um volume final aproximado de 250 ml, com perda de cerca de 20% das hemácias. Como é realizado em sistema aberto, o mesmo deverá ser realizado em capela de fluxo laminar.

Indicação terapêutica
Reações transfusionais alérgicas e em pacientes com deficiência de IgA

Validade
24 horas quando conservado entre 2-6ºC, pois existe risco de contaminação bacteriana.





Concentrado de hemácias

Hemocomponente obtido através do fracionamento de uma bolsa de sangue total, com remoção de 200 a 250 ml de plasma. O volume final é de cerca de 250 a 300 ml e contém predominantemente hemácias (a bolsa tem hematócrito entre 50-80%, dependendo da solução anticoagulante utilizada) e ainda leucócitos, plaquetas e plasma  em pequena quantidade. É conservado em geladeira específica, em temperatura de 2-6 °C.

Indicação terapêutica
A indicação principal é para se melhorar a oxigenação dos tecidos do organismo.

Validade
Tem validade entre 35 a 42 dias, dependendo do tipo de anticoagulante utilizado na bolsa.





Concentrado de plaquetas

O Concentrado de Plaquetas é um hemocomponentes derivado da centrifugação de uma bolsa de sangue total. Tem um volume final aproximado de 50 ml e é conservado em agitação contínua e a temperatura entre 20-24°C.

Indicação terapêutica
É utilizado para pacientes com sangramentos com contagens de plaquetas inferiores a 50.000 / mm3 ou portadores de disfunção plaquetária. Também poderá ser utilizado como medida preventiva de sangramento  em casos de procedimentos invasivos para pacientes com baixa contagem ou disfunção plaquetária.

Validade
A sua validade é em torno de 5 dias.





Crioprecipitado

Hemocomponente obtido do descongelamento de 1 bolsa de Plasma Fresco Congelado a 4° C, sendo removido o sobrenadante. Contém os fatores de coagulação XIII, VIII, Fator de von Willebrand e fibrinogênio (I). Volume de cada bolsa é cerca de 10 a 20 ml.

Indicação terapêutica
Sangramento ativo ou preventivo em caso de procedimentos invasivos em casos de:
- Hipofibrinogenemia ou disfibrinogenemia;
- Deficiência de Fator XIII da coagulação (quando não houver o concentrado liofilizado específico);
- Doença de von Willebrand quando não responsivo ao DDAVP ou quando não houver  
   disponibilidade do concentrado liofilizado específico;
- Sangramento microvascular difuso com fibrinogênio < 100 mg.

Validade
Armazenado a temperaturas inferiores a 20° C, com validade de 1 ano (<-20ºC) ou 2 anos (<-30°C)





Plaquetas por aférese

Tipo de concentrado de plaquetas especial obtido através de coleta por máquina de aférese. A bolsa coletada equivale a 6-8 unidades de concentrado de plaquetas comuns ou 1 bolsa de pool de concentrado de plaquetas. É um concentrado de plaquetas de melhor qualidade, pois na maioria das vezes já vem desleucocitado, é proveniente de 1 único doador (menor risco de eventos adversos transfusionais) e pode ter volume de infusão final  menor, em uma transfusão para adulto.

Indicação terapêutica
O concentrado de plaquetas por aférese tem indicação idêntica aos demais tipos de concentrados de plaquetas. Devido a oferta limitada deste tipo de hemocomponente deveremos priorizar alguns tipos de pacientes, em caso de baixo estoque,   como candidatos a politransfusão (pacientes oncohematológicos), candidatos a transplante de medula óssea, pacientes com sorologia negativa para Citomegalovirus (principalmente gestantes e imunossuprimidos), aqueles com reações alérgicas a transfusão, pacientes politransfundidos e com refratariedade a transfusão de outros tipos de concentrado de plaquetas (se possível transfusão com bolsa de  plaquetaférese de doador HLA compatível).

Validade
A validade é de 5 dias, devendo ser mantido em agitação contínua e em temperatura entre 20-24ºC, como os outros tipos de concentrado de plaquetas.





Plasma Expansor

O Plasma Expansor (ou Plasma Comum), é um plasma que não foi congelado dentro das especificações técnicas recomendadas ou ainda pode ser considerado o plasma fresco congelado cujo prazo de validade expirou. Deve ser armazenado a temperatura inferior a -20°C.

Indicação terapêutica
Atualmente o Plasma Expansor não tem indicação clínica e não deverá ser utilizada para fins transfusionais. É utilizado pela indústria para produção de hemoderivados (como albumina, imunoglobulinas, etc.)

Validade
seu prazo de validade é de 5 anos.





Plasma fresco congelado

Hemocomponente obtido por centrifugação de bolsa de sangue total com posterior congelamento. Consiste na porção líquida do sangue, que contém água, proteínas e íons, dentre outros. É conservado a temperatura inferior a -20º C e contém todas as proteínas (fatores) da coagulação sanguínea em níveis hemostáticos. O volume médio de uma bolsa de plasma fresco congelado é em torno de 200 ml.

Indicação terapêutica
O Plasma Fresco Congelado é utilizado para transfusão em casos de sangramento 2º a deficiência de fatores de coagulação (quando não há disponível concentrado liofilizado específico) ou prevenção de sangramentos antes de procedimentos invasivos nestes pacientes. Além disso pode ser utilizado em alguns procedimentos de plasmaférese terapêutica como para tratamento de PTT, na coagulação intravascular disseminada, reversão de efeito de anticoagulante cumarínico, sangramento por deficiência de fatores vitamina K dependentes no RN e em casos de transfusão maciça.
 
Validade
sua conservação, quando congelado adequadamente, pode durar até por 1 ano (<-20°C) ou mesmo 2 anos (<-30°C).





Pool de plaquetas

Concentrado de plaquetas obtido a partir de 4 a 5 unidades de  sangue total ( bolsas tipo “top and bottom”) através de centrifugação e separação da camada leucoplaquetária. Estas bolsas são transferidas para uma única bolsa em forma de pool e equivalem a uma dose de transfusão de plaquetas para um adulto.

Indicação terapêutica
As indicações são para pacientes com sangramento e baixa contagem de plaquetas (geralmente <50.000 plaquetas/ mm3) ou naqueles portadores de disfunção plaquetária. Também pode ser indicada profilaticamente em casos de necessidade de realização de procedimentos invasivos também em pacientes com baixa contagem de plaquetas ou disfunção plaquetária. É mais vantajosa em relação a transfusão de bolsas comuns de concentrado de plaquetas em pacientes adultos devido a redução do número de bolsas transfundidas (reduz risco de reações transfusionais) mantendo o mesmo efeito terapêutico.





Sangue total

Sangue total é a bolsa de sangue coletada do doador, antes de ser submetida ao fracionamento. Apresenta todos os componentes sanguíneos, tendo aproximadamente  450 ml.

Indicação terapêutica
Não há atualmente indicação para o uso de bolsas de sangue total na terapia transfusional. A transfusão de sangue total deve ser substituída, de forma eficaz, pela transfusão de hemocomponentes específicos, dependendo da necessidade clínica do paciente.

Hemoderivados

Albumina

Albumina é um hemoderivado obtido industrialmente através de fracionamento do plasma de doadores de sangue. Está disponível no mercado em concentrações de 5 a 25%, sendo que a concentração de 5% é osmoticamente equivalente ao plasma.

Indicação terapêutica

As principais indicações terapêuticas são :

- Reposição volêmica na maioria dos procedimentos de plasmaférese;
- Hipotensão pós paracentese; 
- Nefropatia/ enteropatia perdedora de proteínas com edema que não responde ao uso de diuréticos;
- Queimaduras com hipoproteinemia;





Complexo protombinico ativado

O complexo protrombínico ativado (CCPA) é um hemoderivado de origem plasmática humana liofilizado e industrializado, que contém os fatores de coagulação II, VII, IX, X ativados.

Indicação terapêutica

Indicado para prevenção de hemorragias e antes de procedimentos invasivos ou tratamento de sangramento em pacientes hemofílicos portadores de inibidores.





Complexo protombinico

O Complexo Protrombínico é um derivado do plasma liofilizado e industrializado que contém os fatores II, VII, IX, X da coagulação. É conservado sob refrigeração (2° a 8°C).

Indicação terapêutica

É indicado em caso de prevenção de sangramento em procedimentos invasivos ou para tratamento de sangramentos em portadores de deficiências de um dos fatores presentes no complexo protrombínico (II, VII,IX,X), quando não dispomos de concentrado de fator específico. Pode ser usado ainda em hemofílicos com deficiência de Fator VIII com presença de inibidores e para reverter o efeito anticoagulante dos medicamentos cumarínicos (varfarina) em casos de sangramentos importantes.



Fator IX da coagulação

O Concentrado de Fator IX é um hemoderivado, industrializado, liofilizado e estéril, produzido a partir do plasma fresco congelado. Deve ser conservado na geladeira em temperatura entre 2-8°C. 

Indicação terapêutica

É utilizado para sangramento de pacientes com deficiência de fator IX da coagulação ou prevenção de sangramento em caso de necessidade de realização de procedimentos invasivos nestes pacientes.



Fator VIII da coagulação

Concentrado liofilizado de fator VIII da coagulação sendo derivado do plasma e conservado em refrigeração (2° a 8°C).

Indicação terapêutica

É utilizado na prevenção e tratamento de sangramentos em pacientes portadores de hemofilia A (deficiência do Fator VIII).

Gestor responsável: Gerência de Desenvolvimento Técnico-Científico